Dissestes exercícios?

Todas as pessoas, não importa a idade, reconhecemos que o exercício nos faz bem. Se atendemos ao que significa a palavra “exercício”, do latim “exercitium”, trata-se da acção de exercer, exercitar ou exercitar-se. Estes verbos referem-se a praticar uma actividade, uma arte, um ofício ou uma profissão. Por me lado reconheço que me foi difícil descobrir a sua dimensão mais profunda, talvez   minha maneira activa de ser, talvez peloactivismo da sociedade ocidental, ou pela formação recebida. Falaram-me muito da oração, mas não me ajudaram a exercitar-me nela. Estudei muita teologia, mas ninguém me ajudou a digeri-la. O certo é que, no meu serviço pastoral, durante bastante tempo, dei prioridade a informar-me e a formar-me para depois o transmitir com uma pedagogia activa. Hoje tomei consciência e estou convencido de que, se não faço previamente “exercício”, quer dizer, se não o assumo e não o faço meu, dificilmente o poderei transmitir. Continuar a lerDissestes exercícios?

(Español) Convivencia del Grupo español. Agosto 2018

Desculpe, este conteúdo só está disponível em Espanhol Europeu. Por uma questão de conveniência para o utilizador, o conteúdo é mostrado abaixo no idioma alternativo. Pode clicar na ligação para alterar o idioma activo.

Hace un mes, entre el 5 y el 11 de agosto, tuve la suerte de vivir un encuentro en compañía de otras veintiséis personas, en el Monasterio de la Estrella, ubicado en el centro de la comunidad autónoma de La Rioja.

Cultivar la interioridad ha sido el primer objetivo que hemos vivido. Partiendo de mi realidad cotidiana y compartiéndola con el resto he podido adentrarme en cuan superficiales son mis relaciones conmigo mismo, con los que viven a mi alrededor y con Dios, al tiempo que el compartir nos ha ayudado a constatar las dificultades externas e internas que permiten conocernos en profundidad y hacernos conscientes de nuestra realidad más íntima y de nuestras aspiraciones. Continuar a ler(Español) Convivencia del Grupo español. Agosto 2018

(English) Spirituality Prevails Over Pastoral

Desculpe, este conteúdo só está disponível em Inglês (Eua), Espanhol Europeu, Francês e Italiano. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the default language of this site. Pode clicar numa das ligações para mudar o site para outro idioma disponível.

Usually, the idea of an ecclesial renewal begins with any number of pastoral activities.  Our service in Movement for a Better World, has contributed, in the past, to the renewal of the Church and has fostered projects for a more just and fraternal-sororal society. In the mid-eighties, last century, the Promoting Group, made an option to design projects to renew the pastoral in a global and integral manner, first of the parish, then religious life, and later youth and family.  Later, the dioceses as a whole were included among the renewal projects.

Continuar a ler(English) Spirituality Prevails Over Pastoral

O relato facilita o encontro e ajuda o próprio desenvolvimento pessoal

Necessitei um grande percurso para ir descobrindo, de forma paulatina, que os acontecimentos significativos ocorridos na minha vida quotidiana, se me tornam mais claros, ordenados e mais bem vivenciados, na medida em que, a posteriori, parei a rever e tratar de os pôr por escrito em forma de relato. Continuar a lerO relato facilita o encontro e ajuda o próprio desenvolvimento pessoal

(English) To all the sisters and brothers members of the South Korean Group

Desculpe, este conteúdo só está disponível em Inglês (Eua), Espanhol Europeu e Francês. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the default language of this site. Pode clicar numa das ligações para mudar o site para outro idioma disponível.


We are pleased with the step that has taken place between the two Koreas: from the truce to the pact of peace.
We recognize that the road ahead is arduous and complex since it is an international conflict which arose a long time ago.

With all our heart we wish that, with the help of the Spirit of the Lord, you may reach PEACE.

Thanks to those who have made it possible!
Congratulations to North Korea and South Korea, to all peoples who seek peace!
We hope all the axes are buried and forests of harmony may grow and we can live as brothers, equal and free!
We can not stop dreaming, believing and creating.

May the Promoting Group of Movement for a Better World
feel more and more encouraged to be a Peacebuilder,
from justice and mercy.

Viver a própria vida quotidiana

Que tem que ver o quotidiano com os sinais dos tempos? Que tem que ver com Deus? Que tem que ver com o que sou, ou faço e quero na vida? Que tem que ver com a realidade que vive o nosso país?

Se o vês com um simples olhar, dirás que nada, que a tua vida “rotineira” ou a de “todos os dias” é uma coisa que e que o resto é outra coisa diferente; isso foi o que pensei e me perguntei quando vivi pela primeira vez o Itinerário “Sinais dos tempos, Escuta partilhada da realidade”, mas com a passagem dos itinerários (este e outros) que vivi e me dou conta que sim, que tem muito que ver.

Continuar a lerViver a própria vida quotidiana

(English) COEXISTENCE OF THE SPANISH GROUP

Desculpe, este conteúdo só está disponível em Inglês (Eua), Espanhol Europeu, Francês e Italiano. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the default language of this site. Pode clicar numa das ligações para mudar o site para outro idioma disponível.

We, the Spanish group, have celebrated a Coexistence from December 7 to 10 in Madrid. It has been very gratifying and fruitful days, as always. We have shared life, hopes, concerns, prayers, ideas and even cooking recipes.

The meeting was very special with the integration to the group of two marriages, which has been an injection of strength and courage: Mª José and Bernat, and Luisi and Antonio.
Continuar a ler(English) COEXISTENCE OF THE SPANISH GROUP

Discernir Os Sinais Dos Tempos

Uma das coisas que mais me chamou a atenção, quando me incorporei no Serviço de Animação por um Mundo Melhor, foi a “leitura dos sinais dos tempos”. Eram realmente os meus primeiros anos de sacerdócio, com a minha mente ainda cheia de teologias, foi uma novidade sentir-me convidado a ler a realidade a partir duma consciência crítica. Recordo ainda a sua dinâmica: recolher factos, agrupá-los por acontecimentos, fazer o discernimento profético à luz da Palavra de Deus, para finalmente fazer o nosso compromisso.

Continuar a lerDiscernir Os Sinais Dos Tempos